Resenha #120 - Outlander: A Viajante do Tempo - Diana Gabaldon - Saída de Emergência


Título: Outlander - O viajante do tempo
Autor (a): Diana Cabaldon
ISBN: 9788567296227
Ano: 2014
Páginas: 799

Livro recebido em parceria com a editora

Sinopse: Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?


Outlander é uma série de livros muito bem falada. Sempre ouvi coisas boas a respeito dos livros e da escrita da autora. Com o seriado chegando o burburinho só aumentou, e junto veio o relançamento dos livros pela Editora Saída de Emergência. Logo que eu descobri sobre isso, já gritei: PAAATY EU QUERO! 

Claire Beauchamp teve uma criação bastante incomum. Ela era pequena quando seus pais vieram a falecer, e com isso sua guarda fora transferida para o seu Tio Lamb. Ele era um arqueólogo e sua vida se resumia em incontáveis viagens a procura de sítios arqueológicos e coisas do gênero. 

Com o passar dos anos Claire conheceu Frank Randall, um dos alunos do seu tio, e dali surgiu uma paixão que terminou em casamento. Sua vida de casada fora interrompida pela chegada da guerra, com ambos seguindo caminhos contrários. Claire passou a ser uma enfermeira, lidava com a morte no seu dia a dia, viu de tudo um pouco. Anos se passaram e o fim da guerra chegou, trazendo promessas de boas notícias e enfim uma boa vida.

Frank decidira viajar com Claire para a Escócia, assim poderiam ter um tempo só para eles, como uma segunda lua de mel. Sua viagem para aquelas terras distantes também possuíam outro interesse. Recentemente Frank descobriu que as ações de um dos seus antepassados, Jack Randall, fora importante para aquela região, e decidiu estudar a história do lugar. Depois da guerra um dos interesses de Claire era a botânica, e nas highlands Escocesas o número de plantas raras era bem grande.

Em um determinado dia, Claire descobriu a existência de um círculo de pedras nas redondezas da cidade de Inverness. A superstição era muito forte naquele lugar, acreditava-se que o círculo possuía algum tipo de poder. Ela também descobriu que ali era feito rituais druidas, e que algumas mulheres da vila, mesmo nos dias de hoje seguiam com a tradição. Quando Frank descobriu sobre o lugar, ficou encantando e maravilhado, e convenceu Claire a levá-lo e ambos presenciaram um dos rituais. Era uma espécie de dança coreografada, muito bonita de se ver. 

Em outro momento, Claire voltou ao círculo de pedras, no intuito de colher algumas das plantas presentes. Sua atenção foi tomada por um estranho barulho, ao examinar o local, percebeu que vinha de uma das pedras. Ao tocá-la Claire sentiu uma das piores sensações de sua vida, parecia que tudo estava girando, e quando deu por si, estava deitada na terra. Ao levantar não conseguiu achar seu carro e começou a andar pela floresta.

Claire percebeu alguma movimentação no local, e os indivíduos usavam roupas do século XVIII. Seu primeiro pensamento fora que alguma espécie de encenação estava sendo feita, mas os barulhos de tiros pareciam bem reais. Ao tentar sair de perto, ela esbarra com um oficial inglês, e para sua surpresa, era Frank. Sua felicidade vai embora rapidamente, pois o suposto Frank tenta estupra-la ali no meio do mato, só não conseguiu por que fora salva por outro homem.

Ela foi levada para uma cabana. Lá vários homens estavam reunidos e um deles estava ferido, os demais tentavam colocar seu ombro no lugar, mas de uma forma completamente errada. A experiência médica de Claire falou mais alto, e ela decidiu ajudar o rapaz, mesmo tendo que enfrentar os homens do local. Todos ficaram alarmados com os modos da mulher, mas saíram do caminho, pois aparentemente ela sabia o que estava fazendo. 

Claire não sabia o que tinha acontecido. Tudo indicava que ela estava no século XVIII, em que ano não fazia ideia e não tinha para onde ir. Tentava ao máximo se lembrar de toda a informação que seu marido lhe contara sobre aquele período histórico. Esse tipo de informação seria extremamente necessário para sua sobrevivência. Ela fora levada para o castelo Leoch, lar dos governantes do clã Mackenzie. E ali, o seu destino seria decido.

Se você curte romances e romances históricos, definitivamente esse livro é para você. Uma montanha de emoções que deixa qualquer leitor doido. Você ri, chora, sofre e passa muita raiva durante a leitura das 799 páginas que compõem o livro.

A narrativa é feita em primeira pessoa pelo ponto de vista da Claire. O texto é bastante denso e descritivo, mas a história te suga de tal forma que você não consegue parar de ler. Eu demorei quase duas semanas para efetuar a leitura, e isso por que estava sem tempo. Toda vez que pegava o livro, eu não queria parar de ler, e como na maioria das vezes em que eu estou lendo no ônibus, eu tinha que prestar atenção para não perder o ponto de descida. 

Os personagens são incrivelmente bem caraterizados. Todos possuem uma bagagem emocional gigantesca, sem falar na experiência de vida, mesmo nos mais novos. Diana consegue transmitir para o leitor a personalidade forte de cada um, mesmo dos secundários. A vida no século XVIII era muito mais simples, mas as pessoas eram muito mais honestas e diretas. Com isso, percebemos a enorme pesquisa dos costumes que a autora teve antes de começar a escrever a obra. Os personagens parecem que vão pular das páginas de tão reais e humanos que são.

Claire que é a protagonista já era uma mulher a frente de sua época em 1945, imagine no século XVIII? Ela é forte, decidida e não leva desaforo para casa. Esse tipo de atitude numa época onde a mulher era submissa ao homem, e não tinha voz ativa é um tanto quanto problemático. Claire apesar da inteligência e do conhecimento dos costumes da época, não consegue segurar a língua e abaixar a cabeça em diversas situações, seu sangue ferve com algumas coisas que presencia e essa situação que pode coloca-la em risco.

Jaime é a "estrela" do livro. O próximo marido literário, como a Patty adora falar, de vocês leitoras rsrs. Sua descrição física é um tanto batida. É o cara alto, forte e guerreiro, todas as mulheres o desejam. O que destacou o personagem foram outras qualidades de sua personalidade. Ele é incrivelmente inteligente, apesar de ser novo, já vivenciou bastante coisa, fala diversos idiomas, é carismático e bastante altruísta, fato que às vezes chega a irritar um pouquinho. Sua condição atual não é muito favorável, mas isso não faz com que o sorriso brincalhão saia de seu rosto.

O romance foi abordado de um jeito bacana. Os personagens possuem uma química incrível, e a união entre os dois foi feita por motivos de necessidade. A atração física é nítida logo de início, mas a relação vai se aprofundando no decorrer da história. 

Diana não mede esforços quando se trata de fazer os personagens sofrerem. Ela criou personagens incríveis, e que qualquer um vai se apegar, para depois começar a cortar, esfaquear, torcer e entortar e junto com eles, o seu coração. Você se apega aquele pequeno vestígio de esperança, para duas páginas depois perceber que algo ainda pior está chegando. Existem muitas cenas de sexo e violência, algumas torturas são bem difíceis de engolir, e não é para qualquer um.

Em vários momentos da narrativa ficamos presos aos devaneios de Claire. Ela forma diversas teorias para tentar entender o que de fato aconteceu com ela. Em diversas situações ela fica relutante em tentar alterar qualquer coisinha, por conta da viagem do tempo, ou até mesmo, por conflitos religiosos. A dúvida em relação a Frank é bem constante. Meses se passam desde que ela viajou no tempo, mas ela nunca deixa de pensar nele.

A Viajante do Tempo é o típico primeiro livro de uma série. Temos a apresentação dos personagens, do estilo de vida, dos cenários e uma pequena ideia dos conflitos políticos e históricos que vão ser trabalhados no decorrer da trama, essa parte fica bem em segundo plano, o foco principal da narrativa, é a relação entre os personagens e como Claire está lidando com sua nova realidade. Em momento algum o livro se torna enfadonho, pelo contrário, quando você está lendo uma história rica em detalhes e muito bem escrita, com personagens incríveis, 799 páginas se tornam pouca coisa, ainda bem que temos muitos livros pela frente. Estou bastante ansioso com a continuação e para o desenvolvimento da parte histórica.

Durante a leitura eu acabei decidindo começar a assistir o seriado. E posso afirmar a vocês que a adaptação está perfeita! Caso você não tem tanta certeza se vai ou não gostar, assista a série e depois decida se quer ou não ler, eu amei, e quero mais. Recomendo fortemente essa leitura.




26 comentários :

  1. Biel, amei a resenha. Ea me deixou com mais vontade de ler o livro! Sou apaixonada pela série!
    E SIM!!! O Jaime é um marido literário ideal... só que ele já é meu!!!

    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Esse livro é bastante comentado e sempre vejo criticas positivas sobre ele.
    Fiquei bastante curiosa com a história, ainda mais agora que estou tomando gosto por romances históricos.
    Adorei!
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!
      Que bom que gostou \o/ espero que consiga efetuar a leitura!

      Excluir
  3. Oi, Gabriel!
    Que resenha, hein? kkkkkk
    Bom, apesar de não gostar de romances e não ter lido nenhum romance histórico pra saber se gosto, teve alguns pontos que me instigam a querer ler essa série. Por exemplo, apresentar os costumes da época em que a protagonista viaja e a parte da própria viagem no tempo.
    Que bom que a autora acertou em criar personagens bem realistas!
    A capa tá linda!!!
    Ótima resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dilza! :D
      Que bom que curtiu a resenha!
      Esse livro é perfeito! xD

      Excluir
  4. Nunca vi resenhas ou sinopse desse livro é a primeira vez.. Primeiramente achei a capa belíssima, segundo que a sinopse é muito atrativa ainda mais pela viagem no tempo. Amooo isso! rs
    Já deu vontade de ler logo de cara e agora pela sua resenha.
    Beijos!

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pâmela!
      Que bom que curtiu a resenha =)
      Espero que curta a leitura.

      Excluir
  5. Olá, Gabriel
    Tudo bom?
    Verdade, estou muito ansiosa com o lançamento, todos os comentários e resenhas que leio, são positivos hahaha bem ansiosa e amei a resenha!
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poliana!
      Que bom que curtiu \o/
      Leia, leia e leia! xD

      Excluir
  6. Oi Gabriel tudo beeem?

    Adorei sua resenha sobre Outlander!! Sou fã dos livros e da série e adoro ler outras opiniões sobre essa saga que acho maravilhosa, principalmente uma opinião masculina! Que bom que gostou! Vejo muito como um livro historico e de fantasia do que romance.. claro que o romance é fundamental na trama e amo Jamie e Claire (quem não amariaa kkk) mas eu adoro a historia e a descrição da autora sobre tudo! Também sou fã de literatura fantástica!

    Coincidentemente hoje eu postei a minha resenha sobre Outlander também hahahaha o que deixou ainda mais prazeroso ao ler a sua resenha!! Gostei mesmo!

    Beijo!!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como não amar essa série!
      Quando um livro é bem escrito, ele tem que ser elogiado né?
      Toca aqui o/ literatura fantástica FTW \o/

      Excluir
  7. Oi Gabriel. Todo mundo falando desse livro né? E da série que fizeram em cima também. Eu não li ainda, mas tudo que eu vi sobre me fez ficar com muita vontade de ler, parece um romance ótima, com um momento histórico muito legal, personagens legais, tudo legal. To doida pra ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi. Tudo bem?
    Eu gsotoo muito de livro que acontece depois ou na segunda guerra mundial
    muita gente não curti mais este livro acho que ate quem não curtii vai amar!
    O outra coisa que este livro tem e que me chama atenção e a viagem na tempo
    nossa so fanatica nisso adoroo filmes/livros/series deste tipo por isso tenho que ter este livro


    http://b-maluco.tk/

    ResponderExcluir
  9. Nossaaaaa esta todo mundo falando desse livro, eu não vejo a hora de ler ele, pois eu amo viagens no tempo, elas me encantam, eu amei a resenha viu, também quero muito ver a série de tv, dizem que ficou ótima, espero gostar de ambos.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Oi Biel quero muito me dedicar a essa série, falei isso no seu blog né, amei sua resenha e fiquei surpreendida com o enredo desse livro!
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  11. Oie Gabriel!!

    Bom, sua resenha só confirmou minhas desconfianças. O livro realmente é bom e todo o burburinho que ele, assim como a série, andam causando realmente são validos. Eu adorei a capa nova, é bem mais interessante e bonita que a capa da edição lançada pela Rocco.
    Espero poder ler esse livro no ano que vem!!

    Xo
    Re.View

    ResponderExcluir
  12. Oi Gabriel, tudo bom?
    Achei a proposta desse livro bastante interessante e não conhecia a premissa do livro e da série. A autora criou uma narrativa criativa e pela sua resenha a história foi bem trabalhada e desenvolvida. Não sei se leria nesse momento, mas não descarto a leitura.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi querido tudo bem? Ainda não tive coragem de ler este livro, sabe ...o tamanho é intimidador hahah antes quero dar uma olhada na serie! Pois para mim não tem coisa pior do que ler algo que não me fisgue logo de cara, e como não abandono livros imagina ter que ler um livro deste tamanho apenas para termina-lo hahaha. De qualquer maneira adorei sua resenha mas ainda fico com pé atras!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Pois é! Todos estão falando dessa série!!
    Fiquei super curiosa a ler a série depois q eu vi q o seriado de tv está lindo de paixããoooo!!! A fotografia está mto linda!
    Essa capa tbm está linda demais!!
    Tentarei arrumar o livro p ler antes de ver a série, mas tá difícil me segurar viu! hahaa

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    OMG! Mais um blogueiro dando cinco estrelas e um coração para este livro *-* Já perdi a conta de quantas resenhas positivas eu li de Outlander, mas ainda insisto em esperar o preço abaixar...haha'

    ResponderExcluir
  16. Esse tipo de leitura não é o que eu gosto também, não gosto muito dessa coisa de voltar no tempo e tal.. depende do contexto também, mas enfim.. Mas pela avaliação dele ter sido tão boa, me deu muita vontade de olhar a série.

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Já disse na resenha anterior, mas vou ter que repetir que adoro viagens no tempo! Confesso que o tamanho do livro me assustou um pouquinho, mas fiquei curiosa sobre a história, parece envolver vários temas que eu gosto, mas tenho um certo receio de começar e achar cansativo... Não sei ainda se vou ler, mas sua resenha me deixou curiosa...

    ResponderExcluir
  18. Oii
    Assim como você, fiquei louca para ler Outlander, desde que soube de seu lançamento. Amo romances históricos, me prendo a eles de uma forma incomum. Estou maluca com essa premissa, e com as descobertas que fiz do enredo em sua resenha, muito detalhista, por sinal. E não me incomodo com as partes pesadas, na verdade, gosto delas. Sempre li cenas que muitos não gostam (minha mente psicótica em ação kkk). Apesar de achar a capa linda, não acho ela condizente com o peso do livro, queria uma capa mais obscura. Não vejo a hora de começar a série também!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Fiquei muito feliz quando soube desse relançamento da série por aqui,adorei os temas que ela aborda já que sou maluca por séculos passados.Fico imaginando o tamanho dessa série já que o primeiro tem 800 páginas é muita história mas que deve valer a pena.E o Jamie novo marido literario,até já imaginei ele como o Orlando Bloom.

    ResponderExcluir
  20. nao tinha muito interesse por este livro , mais depois da sua resenha fiquei um pouco interessada ! nunca li um livro que falava sobre uma viagem noo tempo ! mais parece ser uma leitura muito boa ! quem sabe eu leia !

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked