Resenha #271 - Desejo Proibido - Sophie Jackson - Arqueiro


Título: Desejo Proibido
Autor (a): Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414509
Ano: 2015
Páginas: 416
Onde comprar: Amazon /Saraiva


- Livro recebido em parceria com a editora


Sinopse: Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas.
"Precisava ficar perto de seus temores, perto de homens que não se importavam muito em burlar a lei, em virar a vida das outras pessoas de cabeça para baixo sem nunca considerar as consequências. Precisava se aproximar para entender o que tornava uma pessoa capaz de tal comportamento. Ela odiava o próprio medo; odiava a raiz dele e sabia que tinha que encará-lo - mesmo estando apavorada."

A minha sorte é que não costumo ler resenhas de livros antes de ter lido eles, se fosse ao contrário eu provavelmente não teria lido Desejo Proibido de Sophie Jackson, assim que foi lançado. Após terminar a leitura fiquei curiosa pra saber o que o restante da blogsfera estava comentando sobre o livro e para minha surpresa, grande parte das resenhas que eu li não foram positivas e dificilmente eu teria me empolgado com o livro se tivesse me baseado nas opiniões que li. Mas, graças essa minha mania, fui arrebatada pela leitura. Mergulhei em uma história sexy, romântica e digna de um conto de fadas moderno. Eu realmente adorei o livro. Só tenho uma ressalva. Fiquei viciada em "Oreo", sim a bolacha (biscoito), o protagonista tem um jeito todo especial para degustar o tal biscoito, e eu nunca mais consegui olhar com os mesmos olhos essa guloseima.

Em Desejo Proibido conhecemos Kat e Carter, duas pessoas destinadas a permanecerem juntas, tendo seus destinos traçados ainda na infância de forma trágica. Carter então com apenas 11 anos, salva uma garota de 9 anos de ser assassinada juntamente com seu pai em uma rua do Bronx. Enquanto Kat vive atormentada pelas lembranças daquela noite trágica, na qual assistiu ao pai ser espancado até a morte, Carter se conforta com a lembrança de um cheiro inesquecível de pêssego, que lhe traz a memória uma garota valente que a todo custo queria salvar o pai de seu destino.

Após 16 anos os caminhos de Carter e Kat novamente se cruzam. Ela agora é uma jovem professora de 25 anos, que sente necessidade de cumprir a promessa feita ao seu pai antes de sua morte. Kat prometeu que trabalharia em algo que pudesse fazer diferença na vida das pessoas, assim como ele que era um político, e com essa promessa em mente Kat começa a dar aulas em um presídio e é lá que ela encontra Carter preso por porte ilegal de cocaína. Tê-lo como aluno faz com que Kat enfrente vários desafios, além de ter que lidar com o temperamento explosivo do aluno, ainda tem que lutar com a forte atração que sente por ele.

Após 16 anos não é de se espantar que Carter e Kat não se reconheçam. Durante anos Kat fora convencida que a lembrança do menino que a salvará fora fruto de sua imaginação, uma ilusão causada pelo estresse vivido na noite da morte de seu pai. Porém, Carter nunca se esqueceu do cheiro de pêssego e do nome da menina que salvará, e quando ele descobre que Kat é sua Pêssegos, sua atitude com a professora muda, a personalidade dura e arrogante do homem de 27 anos preso dá lugar a alma pura de um menino perdido que só precisa ser amado. Com a ajuda de Kat, que ainda não tem a menor ideia de quem Carter na realidade é, ele consegue a liberdade condicional, porém sua liberdade está vinculada a assistir uma vez por semana as aulas de literatura de Kat fora do presídio.

"Seu gosto forte, com uma pitada de fumaça. Era sublime. Era como se ela tivesse procurado por ele durante toda a vida. Ele fazia sua cabeça parecer leve e pesada, excitada e apavorada, tudo ao mesmo tempo."

Após algumas aulas e vários pacotes de biscoito Oreo, Kat e Carter não conseguem resistir e se rendem a uma paixão avassaladora. Deus é pai!!! Não tem como não suar com as cenas sensuais dos personagens. Quem nunca se imaginou dando um amasso por entre as prateleiras de uma biblioteca? Nossa Senhora Protetora das Blogueiras Literárias olhai por nós!!! Esse deve ser o sonho de consumo de boa parte das blogueiras que eu conheço!!!

Um "mocinho" que começa como o "vilão" da história, com seu jeito bad boy, cabeça raspada, tatuagens, apaixonado por motos, que ainda tem um apelido fofo para sua garota, é tiro certo pra aflorar a piriguete literária que existe em mim. Alguém tem alguma dúvida que eu me apaixonei pelo Carter???

Desejo Proibido é um livro que mesmo com o forte apelo sexual, tem uma história muito bonita que caminha paralelamente com o desejo explosivo que os personagens sentem um pelo outro. É um livro que fala sobre segundas chances, sobre enfrentar preconceitos, uma história de amor única, daquela do tipo que faz o personagem querer ser melhor, superar traumas e pensar de outra maneira sobre o seu futuro. Eu me encantei pelos personagens, Kat e Carter são personagens bem construídos, fortes e maduros, mesmo nos piores momentos eles permanecem determinados.

Esqueça o famoso "mimimi", em Desejo Proibido o relacionamento não é construído em cima de joguinhos de poder, os personagens resolvem seus problemas através do diálogo, muito diferente de outros livros que já li. As histórias paralelas e os personagens secundários contribuem muito para o desenvolvimento do livro e ainda nos dá um vislumbre do que esperar para o próximo livro. Mesmo sendo narrado em terceira pessoa, não me senti incomodada com a narrativa, consegui absorver os sentimentos dos personagens e compreendi suas atitudes. 

Temos muito mais em Desejo Proibido do que um simples romance, a autora introduz uma discussão sobre o preconceito que a sociedade (eu me incluo) possui com o ex-presidiários, pouco vemos esse tipo de discussão no meio literário, e mesmo a autora tendo suavizado a passagem do protagonista pela cadeia a discussão se faz presente.

Enfim, eu gostei muito da leitura de Desejo Proibido, a narrativa de Sophie Jackson me prendeu de tal forma que li as 416 páginas do livro em um único dia, não consegui desgrudar do livro. Não cheguei a favoritar o livro, porque mesmo me apaixonando pela história e personagens achei, o final do livro muito corrido, porém tirando esse fato o restante foi perfeito pra mim. A série ainda terá mais um volume, porém não será sobre Kat e Carter. Sobre esses dois personagens poderemos ler mais no volume 1.5 - "Eternamente Você", que saiu em ebook e está disponível para download na Amazon.

"Você é tudo para mim, Pêssegos. Sempre foi. Sempre. Você é a melhor coisa que já aconteceu na minha vida. - Ele a beijou. - Você é meu tudo."

31 comentários :

  1. Olá, Patty. O título Desejo Proibido pôde ser esclarecido durante a resenha. Confesso que fiquei com um pé atrás em relação à esta história, mas com suas palavras definindo os personagens a leitura se tornou muito melhor. Carter é um personagem apresentado bruscamente e se desenvolve de boa forma para Kat.

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty desde o lançamento desse livro eu estou com muita vontade de le-lo eu amei a sinopse e a resenha eu achei a estoria diferente e como sempre você faz ótimas resenhas bjs.

    ResponderExcluir
  3. vi esse livro nos lançamentos do mês, mas até então não tinha me agradado mas nada que uma resenha para mudar de opiniao, gostei da resenha e agora to curiosa para ler e saber no que vai da.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Patty! Confesso que não me encantei com nada presente nesta história. Não consegui aceitar o fato de uma "mocinha" que já sofreu o bastante no passado por conta de assaltantes se apaixone por um próprio, mesmo ele sendo inocente desta única vez, o fato não ameniza a sua situação. Confesso que pode ser um preconceito contra as decisões da protagonista, quem sabe em breve dou uma chance e mudo o meu pensamento?!

    ResponderExcluir
  5. Os personagens resolvem seus problemas através do diálogo,ponto positivo,assim como trazer o tema de preconceito contra o ex-presidiários.
    A descrição do Carter chamou minha atenção,já da Kat,não muito.Tem uma cena de amassos na biblioteca?Tem uma no livro Reparação que não me esqueço.

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty!!!
    Estou doida pra ler esse desde que vi o livro como lançamento. Já vi algumas pessoas criticarem tb, mas caguei, hahahaha, sempre quis ler. Se tem uma coisa que aprendi nesse nosso mundo dos livros é: "não vai pela galera, lê exatamente o que tem vontade". Muita gente não gosta do que vou gostar e a maior prova disso vc sabe qual é né? AFTER, baby!!! hahahaha. Certeza que tb vou amar o Carter #TamuJunto. Tô curiosa pra saber como ele come o Oreo, rsrs. E pelamordedeus, é biscoito. Não fala bolacha nunca, Patty! hahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. Eu não gostei muito da tematica do livro. Acho que no lugar da Kat eu não daria uma chance para ele. Pode ate ser um preconceito meu, mas eu não confiaria nele.

    ResponderExcluir
  8. Eu comprei esse livro semana passada, mas ainda não comecei a ler ele. Gostei muito da premissa do livro, a história dele parece ser bem diferente e gostei de saber que a história é bonita. Os personagens parecem ser bem construídos, acho que também vou gostar deles...
    Acho que vou começar a ler ele logo que eu acabar os que estou lendo, e acho que vou gostar bastante dele também.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não conhecia o livro antes de ler sua resenha.
    Achei o história do livro diferente, pois não conheço nenhum livro que um dos seus personagens principais já foi preso. E como você escreveu na resenha também acredito que seja um tema que deveria ser mais discutido na sociedade.
    Mesmo gostando de romances e com seus elogios ao livro, não fiquei interessada em ler.
    A resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
  10. Oi Patty tudo bem? Eu achei super interessante o seu relato pelo livro e confesso que fiquei interessada na leitura, mas infelizmente não lerei pelo forte apelo sexual, mas todo o enredo com certeza é o tipo de livro que me faria suspirar. Eu já sou viciada por óreo imagina lendo esse trem?? hahaha
    Eu já tive uma paixão por ouro branco (aquele bombom sabe?) ele me fazia lembrar de um menino que dispensa comentários kkkk
    Com relação a discussão sobre os ex-presidiários sim, somos bastante preconceituosos, mas eu acredito na regeneração, e devemos dar uma segunda chance não porque a lei manda, mas pelo simples falo de que também erramos, e não existe errinho e errão, tudo é erro e como sempre buscamos uma segunda chance nada mais que justo darmos também!
    Amo sempre sua empolgação ao escrever...
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Patty, confesso que quando vi a sinopse desse livro já descartei de primeira a leitura, mas ainda bem que pude ler uma resenha e perceber o quanto estava enganada. Não tenho costume de ler livros hots, mas também não resisto a um romance avassalador, lindo, com personagens que se entregam e que prende o leitor do começo ao fim. Não posso deixar de conferir essa obra.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Desejo Proibido não faz meu estilo de romance, sendo sincera apesar de achar alguns elementos dele interessantes, como a questão do preconceito contra ex-presidiários, ele não consegue chamar a minha atenção ao ponto de querer conferi-lo e como a maioria das resenhas que li foram extremamente negativas, não me vejo motivada.
    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Ai Patty, meu probleminha de esquecer o que leio, nessas hora é muuitp bom, porque sendo bom ou ruim, so lendo para eu decidir kk.
    Conclui recentemente que estou na vibe de romances, com isso, me pego com sorrisos bobos em qualquer um deles. Já li umas 2 resenhas de "Desejo Proibido" (se não me engano) e essa resenhas falavam positivamente de dele ( eu estranhei não saber desses comentário negativos kk), já havia gostado da historia, incluído em minha lista, agora não é diferente, pelo contrario, continuo com sorrisos bobos e mais, amooo essa bolacha Oreo, ela é muuuito booaaaaaaaaaaa, sendo assim, vou comprar vários pacotes para ler o livro.
    Patty, so tem um detalhe que aparentemente me incomodou (já que não o li), como um garoto de 11 anos, pode salvar uma menina de 9 anos e seu pai?????? Como ele conseguiu essa proeza, principalmente se tinha mais gente envolvida no espancamento do pai de Kat, enfim, isso terei que descobrir com a leitura.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  14. Eu nunca consigo me apaixonar por histórias assim. Fato. Acho esses romances eróticos muito clichês. E a resenha deste livro não me passou nenhuma emoção, nadinha. Acho as histórias eróticas muito repetitivas e, sinceramente, não fazem parte de minhas leituras.
    Abraços,
    Wesley

    ResponderExcluir
  15. Hello!
    Eu estou bem curiosa com o livro Desejo Proibido, mas mta gente já me falou que nao é essa brastemp toda não, hehe.
    Eu ao contrario de vc, costumo ler as resenhas, pois tenho que comprar os livros e nao sai nada barato esse vicio, sabe como é...entao acabo pesquisando antes da compra.
    Mas que bom que a leitura foi mto boa e vc foi arrebatada.
    Ando numa vibe de ler varios romances e saber que esse tem forte apelo sexual me anima e ainda com um romance que acho que vou gostar mto.
    Saber que nao "mimimi" ja me deixou mto aliviada, essas murlhezinhas e caras cheio de joguinhos me cansam.
    Sua resenha me animou a ler com certeza o livro.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Patty!!!
    Não costumo ler livros do gênero, mas as vezes aparece um realmente bom.
    Eu também não sou de ler resenha quando estou prestes a ler o livro, pois me deixo levar pela resenha e esqueço do que realmente achei.
    Que bom que gostou do livro e fico feliz em ver que ele não parece ter muitos cliches e enrolação.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Eu já gosto de ler resenhas antes de ler um livro, ou pelo menos dar uma olhada no skoob...
    Mas eu evito sinopses, depois que li um spoiler em uma (Por toda a eternidade)
    Mas eu acho que isso é arriscado, porque vc pode gostar mesmo 99% das pessoas não.
    Eu li uma resenha deste livro antes da sua e não era negativa, mas a sua é mais empolgante.
    Já tinha me interessado, agora fiquei mais a fim de ler ainda.

    Bem, eu esperava um marginal sendo redimido pelo amor, mas o cara não é do mal só porque foi preso com drogas. Claro que ele muda, vira um menino que só precisa ser amado... eu acho que isso ele sempre precisou, né? Só deixou de lado a rebeldia...
    Eu adorei esse choque entre dois mundos tão diferentes.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Patty, tudo bem?

    As vezes as resenhas nos influenciam muito, pelos dois lados... que bom que você não tinha lido nada antes, e conseguiu se surpreender com o livro. E acho que essa é a primeira que leio, e mesmo não lendo tanto New Adult, esse me interessou... acho que pelo jeito nada comum que eles se conhecem, ou como eles se reencontram, e por o livro ser mais do que um simples romance ou um livro com várias cenas de sexo. Gostei da mensagem e da discussão que o livro passa e quero saber se vou ficar viciada em Oreo também.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  19. Não tem mimimi, os personagens resolvem os conflitos com diálogo e tem cenas com ritual para comer oreo? Já quero. Sou viciada nesse biscoito, então já sei que preciso ler com vários pacotes por perto kkkkkkkkkkk Adorei a resenha e ele foi para os meus desejados. Ainda bem que não tinha lido outras que não recomendassem o livro, senão nem teria me animado tanto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oie!
    Confesso que tenho um pé atrás com NA, mas essa história de mocinha conhecendo o principal dentro da penitenciaria me deixou curiosa. Acho que preciso seguir o seu exemplo e parar de ler resenhas já que sou muito influenciada por elas.
    Agora quero saber a história dos oreos hahahaha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. De boa, só a capa do livro já é supee atraente, haha. A história até que me despertou certa curiosidade, e mesmo você tendo gostado e aproveitado taaanto assim a sua leitura, é como eu disse no comentário anterior, estou fugindo de romances :/

    Mas quem sabe no futuro eu não dou uma chance :3

    Abs!

    ResponderExcluir
  22. Gostei bastante da história, quero muito ler. Adoro romances assim, hot e que contam o passado dos personagens, para que possamos entender suas atitudes. A capa é linda. Nada como um "desejo proibido" só quem vive sabe. Rsrs

    ResponderExcluir
  23. Sua resenha está muito boa, quando vi esse livro entre os lançamentos havia me interessado, mas depois li um pouco mais sobre a história e perdi um pouco o interesse pois não faz muito meu estilo de leituras.

    ResponderExcluir
  24. PATTY,esse romance é bem tenso e conflituoso a começar por seus protagonistas Kat uma professora filha e neta de senadores e um detento Carter.Fiquei a princípio curiosa para saber o segredo de Carter que pode unir ou afastá-los para sempre .Legal ter achado a história sexy,romântica e digna de um conto de fadas moderno.Legal saber que carter salvou Kat na infância.Amei saber que quando ele descobre que Kat é a menina que ela salvou passa a trat´-la de uma forma diferente dando lugar a alma de um menino perdido que precisa ser amado.Fazer amor em prateleiras de uma biblioteca realmente bem romântico e surreal.Amo histórias que falam de segundas chances e enfrentar preconceitos .Pema que o final foi corrido.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  25. Esse é um livro que fiquei querendo por achar que não seria tão...sei lá, hot cansativo? Já li muito livro do gênero e agora estou correndo deles. Mas esse pareceu mais inocente, bonitinho. Sei lá.
    O que me deixou meio pé atrás é que vi resenhas falando que é corrido e agora de novo. Não gosto quando o livro é viciante e tem um final corrido, dá uma certa decepção. Mas depende de como for. Ainda quero ler essa série e espero gostar também.

    ResponderExcluir
  26. To lendo bastante livros desse gênero, e eu sempre fico com um pé atrás com medo de me decepcionar.
    Mas essa resenha me fez ficar super interessada no livro. Ainda mais quando o protagonista é um bad boy e é um ex-presidiário. Adoro quando os autores saiam do gênero dos príncipes encantados todo perfeitinho.

    ResponderExcluir
  27. Aaaaah, esse livro ta no topo da minha lista de desejados. Quero taaanto. E a autora é uma fofa, super atenciosa. Cada vez que leio uma nova resenha desse livro mais aumenta a minha vontade de comprá-lo, é o tipo de livro que sei que vou amar, ler super rápido e ficar louca pela continuação.

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Eu fiquei curiosa quando vi esse livro entre os lançamentos, mas na correria com as aulas acabei esquecendo dele por um tempo. Sua resenha fez minha curiosidade voltar, não só por causa do romance, mas pela discussão que autora faz sobre preconceito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Esse foi um livro que desde a sinopse me conquistou, adorei a historia e principalmente esse casal Kat e Carter, gostei muio que nesse livro não temos o "mimimi" e os temas que a autora aborda usando esse casal e se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
  30. Assim como aconteceu contigo, muitas das resenhas que li a respeito desse livro não foram positivas, e eu não me animei muito para a leitura. Gostei do enredo do livro, achei ele bem comovente e bastante interessante, e curti mais ainda saber que o apelo sexual é apenas parte da história, mas que uma trama maior a envolve.

    ResponderExcluir
  31. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked