Resenha #289 - O Desapego Rebelde do Coração - Bianca Briones - Verus Editora

Título: O Desapego Rebelde do Coração
Série:  Batidas Perdidas #3
Autor(a): Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 404
ISBN: 9788576864998
Ano: 2016

*Livro cedido em parceira com a editora.


Quando um amor do passado ressurge e sentimentos mal resolvidos vêm à tona, é preciso decidir entre lutar pelo que se quer ou fugir — e pôr em risco a própria felicidade.
Branca sempre foi uma mulher independente, que não pensava em se casar tão cedo — até conhecer Lex. Entre idas e vindas, eles se casaram e se divorciaram menos de um ano depois. Ela levou um tempo para superar a perda e, sem esperar muito, começou com Rodrigo um perigoso jogo de gato e rato.
Rodrigo tinha uma queda por Branca quando mais novo, mas hoje a enxerga apenas como a razão de uma paixonite adolescente. O que ele esconde de todos — até de si mesmo — é quanto todas as perdas que sofreu o afetaram, e o único modo de lidar com isso é fingir não sentir nada.
Lex ficou muito tempo afastado de todos que amava, trabalhando em outra cidade e tentando seguir em frente, como sempre fez. Sua intenção era voltar apenas para o casamento de amigos, mas a vida tinha outros planos para ele.
Agora os três precisam lidar com o que está acontecendo — e mais, com o bebê que surge com Lex. Quanto a mágoa pode afastar duas pessoas que se amam? Como encarar uma situação em que pelo menos um deles certamente sairá ferido?
A série Batidas Perdidas está de volta, com um dos volumes mais aguardados e a pergunta que não quer calar: De quem será o coração de Branca?


E finalmente eu li o livro do Rodrigo!!

Quem já leu algum livro da série Batidas Partidas com certeza conhece Rodrigo. Famoso por seu jeito moleque de ser, alto astral, bad boy com B maiúsculo, ele sempre nos encantou nos livros anteriores da série, e é claro que, eu estava doidinha da silva pra ler o livro no qual ele seria protagonista.

Mesmo sabendo que esse livro traria um triângulo amoroso, fui firme e assim que o livro chegou aqui em casa, eu o devorei.

Rodrigo tinha uma queda por Branca quando mais novo, mas sempre sendo desprezado por ela que é três anos mais velha que ele. Hoje, aos 23 anos, ele enxerga em Branca apenas a mulher da qual ele teve uma paixonite e leva a vida com a política de "pego, mas não me apego". Sem muita maturidade e quase nenhuma responsabilidade na vida, Rodrigo vive de farra, bebidas, mulheres, família, amigos e às vezes - quando obrigado - de trabalho. Mesmo sua irmã, Viviane, tentando fazer com que ele assuma algumas responsabilidades alegando que um dia, a vida pode dar uma rasteira nele e fazer ele amadurecer na marra. Mal sabe ele, que a vida já tinha planos pra acabar com essa vida fácil.

Branca sempre foi independente. Nunca pensou em se casar, pelo menos não tão cedo, até conhecer o melhor amigo de Rafael, Lex. Em menos de 1 ano, os dois se casaram e se divorciaram. Sem querer que as pessoas vissem como a perda de Lex a afetou, Branca passou a levar a vida sem pensar muito no por que de sua relação com Lex ter acabo tão rápido.
Sem se preocupar com as consequências, ela começa um envolvimento de gato e rato com Rodrigo.

Após se divorciar de Branca, Lex se muda para o Rio de Janeiro para cuidar da filial da boate que ele tem em sociedade com Rafael e Rodrigo. Depois de um tempo afastado da família e amigos, ele segue a vida trabalhando. Com a intenção de voltar pra São Paulo para o casamento dos amigos, Lex não esperava o que o destino tinha reservado pra ele.

Quando os três, enfim, se encontram, precisam lidar com a situação e ainda com o bebê que surge com Lex.

Serei bastante franca aqui - relaxem, não terá spoilers - eu não vi um triângulo amoroso nesse livro. Na minha percepção, triângulo acontece quando os três envolvidos estão presentes na história, presos aquele sentimento e aquele relacionamento, nas dúvidas sobre com quem ficar. E não foi bem isso que eu vi.

Lex que se muda para o Rio depois da separação com Branca, quase não tem seus capítulos narrados adequadamente. Eu esperava que o livro fosse intercalando os capítulos entre os três personagens constantemente, e não foi bem isso que aconteceu.

No início temos sim, aquela constante: Branca, Lex, Rodrigo. Branca, Lex, Rodrigo. Depois, um dos personagens fica um tempo sem aparecer, focando apenas em um casal, depois vemos os três, depois dois e assim vai.

Confesso que fiquei confusa pra saber onde estava a "confusão" entre os três protagonistas. Pra mim, já foi bastante óbvio quem era o casal protagonista da história, por mais que lá pro fim do livro, logo depois da metade, a gente tenha sim, um vislumbre do triângulo é coisa pouca e mesmo assim, mais um personagem é introduzido, formando assim um... quadrado? Confuso, né?

Não se engane, eu gostei do livro sim, embora várias coisas eu abordaria de forma totalmente diferente. Não dá pra negar que a história prende sua atenção. O joguinho de gato e rato entre Branca e Rodrigo é divertido de ler.

O que me deixou um pouco decepcionada, foi não querer saber muito dos protagonistas em si, mas querer ler mais dos personagens secundários como Rafael e Viviane, por exemplo.

Mesmo o Rodrigo sendo meu personagem favorito (depois do Rafa, claro), em alguns momentos me irritei com a forma criançona dele de agir diante dos problemas.

Prefiro nem comentar da Branca. Nunca gostei da personagem em si. Sempre a achei bastante fútil e infantil e esse livro só comprovou isso! Sinceramente, torci o livro inteiro para ela ficar sozinha e o Rodrigo e o Lex encontrarem outras personagens.

Lex, é o tipo de personagem que todas as garotas sonham em encontrar. Guitarristas, tranquilo e trabalhador. Legal demais para a Branca!

Foi bastante difícil pra mim dar uma nota pra esse livro. Muitas coisas eu não gostei e me decepcionei bastante, pois a minha expectativa para com o livro estava bem alta e, infelizmente, ela não foi alcançada.

Mas, por outro lado, eu gostei da história, não sei bem dizer o quê eu gostei. Se era dos momentos espontâneos e leves do Rodrigo ou se eram as partes fofas e mega lindas do Rafa com a Pri, provavelmente mais pelo segundo motivo.

Não importa se ele aparece muito ou pouco, o Rafa enquanto tiver com a Vivi e a Pri, sempre vai roubar a cena.




12 comentários :

  1. É muito chato quando estamos esperando demais de um livro. Porém é assim mesmo, a capa me encantou muito, apesar da sinopse não chamou tanta minha atenção.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar muito dos livros dessa série, mas admito que não me chamam atenção mesmo com todas as resenhas positivas que esses romances tem e ao que parece, se eu desse uma chance aos livros, esse não seria meu favorito. Triângulos amorosos não me conquistam, normalmente eles me irritam bastante, mas não sei dizer como seria minha reação diante de um triângulo que em boa parte do livro praticamente não existiu e ainda possui o aditivo de mais outra personagem depois, o que torna tudo ainda mais confuso. Talvez tivesse sido melhor se neste livro a autora tivesse abordado logo o casal final, sem envolver outro personagem. É uma pena que o livro não tenha atingido suas expectativas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha do livro. primeiro por conter uma paixonite de escola não correspondida, depois por mostrar o amadurecimento que o personagem devia ter e o reencontro de amigos, só acho que não conseguiria ler pois odeio personagens mimimizentos, desistiria na hora, só aguentaria se a leitura fosse bem rápida, o que parece ser

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro no mês passado. Estava louca p saber a história do Rodrigo, porque ele sempre teve o meu coração (depois do Rafa, claro) kkkk Eu queria saber o que a Bianca ia aprontar com esse trio. Amei o livro simplismente por ter o Rodrigo narrando, mas confesso que eu também torcia um pouquinho p Branca se dar mal kkkk de início eu pensei que ela iria terminar com a outra pessoa, mas antes de chegar a metade do livro meio que já te diz com quem ela vai ficar. Esperando ansiosa pelo livro do homem que sobrou hahaha

    ResponderExcluir
  5. Livro com triangulo amoroso... zzzzzzzzz nunca li nenhum livro dessa série e é tanta coisa pra se ler nessa vida que nem sei se quero ahahha mas apesar de nao gostar mto de capa com pessoas na frente, dessa eu gostei!

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de estar lendo esses livros algum dia. Ainda não deu.
    A história parece bem boa e envolvente. E esse volume está agradando bem pelo que vejo de resenhas.
    Uma pena não ter gostado tanto. Acho que vale a pena ler de qualquer forma, mesmo tendo coisas que decepcionam assim. É meio triste quando a gente vai cheia de expectativas e lê e não gosta tanto =/
    Mas no geral é bom né.

    ResponderExcluir
  7. Eu não gosto muito de triângulos amorosos não, são muito confusos, a personagem normalmente é uma vaca que não merece nenhum deles.
    Não li essa série justamente por que desse livro, eu sou o tipo de pessoa que espera todos os livros ser lançados para comprar, e qual não foi minha surpresa em saber que teria um triângulo amoroso.
    Desistir na hora, eu ainda pretendo ler essa série, com toda certeza só porém não no momento, em um futuro próximo talvez.
    Branca perece ser uma pessoa muito fútil, e isso vai dificultar a leitura desse livro para mim.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Ainda não li a série Batidas Partidas mas vejo as pessoas falarem muito bem sobre essa serie o que me deixou bem interessada para ler, gostei da historia desse livro e achei interessante a Bianca também contar a historia de outros personagens já conhecidos para ser uma leitura bem envolvente e essa é uma serie que com certeza irei ler !!

    ResponderExcluir
  9. Oi Beta!
    Já li os outros livros da série e estava super curiosa com esse, mais pela sua resenha acho melhor abaixar as minhas expectativas, não que o livro não seja bom, como você mesma disse, mas esperava um pouco mais e apesar do livro ser gostoso de ler, já tenho uma ideia pelo que você indicou dos capítulos alternados com quem Branca fica no final :(
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nem o primeiro mas sempre vejo resenhas positivas sobre ele, e tenho curiosidade de conhecer esses personagem, com certeza pretendo ler, só tentarei não colocar muita expectativa como voce fez para no final não me decepcionar.
    Eu gostei da capa

    ResponderExcluir
  11. Na ideia tudo é perfeito, agora quando passa para o papel muitas coisas podem não dar certo, parece que foi isso que aconteceu com esse livro.
    Pelo que eu vi em outas resenhas a autora escreve muito bem, mas deu uma derrapada nesse volume, ao desenvolver um triângulo que não foi bem trabalhado, isso faz com que os personagens secundários que não tem tanto destaque acabem roubando a atenção mesmo.
    Eu particularmente não gosto de romance, ainda mais com jogo de gato e rato, vai e volta, personagem como a Branca fútil e irritando ou como o Rodrigo imaturo e irresponsável, eu ficaria seriamente descontente lendo esse livro, pela resenha percebi que não é uma leitura para mim.
    Quem acompanha a série deve ter tido suas decepções também como ocorreu com você, mas mesmo assim não irão abandonar a história escrita pela Bianca, só resta torcer que os próximos sejam melhores.

    ResponderExcluir
  12. Odeio livro com triângulo amoroso.
    Odeio.
    Odeio.
    E nem é pelo triângulo amoroso em si, mas por nunca conseguir decidir de que eu gosto mais.
    Sério, é enervante. E injusto, já que uma mocinha sem sal e chata tem 2/3 gatos atrás dela, e na vida real se acharmos um já é muito.
    Brincadeiras a parte, fiquei com vontade de ler o outro livro, já que parece ter outro que é melhor.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked