Resenha #310 - Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh - Editora Arqueiro

Título: A Caminho do Altar
Série: Os Bedwyn # 4
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415469
Ano: 2016
Páginas: 287


*Livro cedido em parceria com a editora.


Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas.
Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes - prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança.
Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém. 




Achei minha Bedwyn favorita!!

Sinceramente não levava muita fé na Morgan por ela ter a mais nova dos irmãos. Com apenas 18 anos, ela conseguiu superar Ralf, Freyja e Aidan! Não sei se conseguirá passar Alleyne e Wulf, né? Veremos!!

Gervase Ashford, o Conde de Rosthorn vê em Morgan Bedwyn apenas mais uma moça jovem em sua primeira temporada em um dos bailes da alta sociedade em Bruxelas.

Se fosse em qualquer outra situação, ele apenas admiraria a beleza da jovem de longe e não se aproximaria, mas esse não é o caso. Afinal, ela é irmã mais nova do duque de Bewcastle, Wulfric Bedwyn, o homem que desgraçou sua vida nove anos atrás.

Tomado pelo ranco e pelo desejo de vingança, Gervase se aproxima de Morgan a fim de manchar a reputação da jovem e assim, conseguir atingir Wulfric.

O que ele não esperava é que Morgan pode ser jovem e inexperiente, mas de longe é boba ou inocente. Com uma mente afiada como navalha, ela logo percebe o jogo de sedução do conde e o usa a seu favor.

Agora, ambos estão presos nesse jogo de gato e rato e a cada dia que passa, Rosthorn se pergunta se no fim, ele não virou a presa ao invés do caçador.

Diferente de todos os livros de época que já li, gostei bastante de ver uma diferença tão grande de idade entre os personagens, afinal é de conhecimento geral que antigamente jovens de 17, 18 anos, ou até mesmo mais novas casavam-se com homens 10, 11 às vezes até mais velhos que elas.

Gervase com seus 30 anos e Morgan com seus 18 foi uma boa diferença e fiquei me perguntando como um homem tão mais experiente iria se interessar por uma menina recém saída da puberdade, como o próprio conde às vezes se refere a ela.

Mas é claro que Morgan deixa bem claro que sua personalidade e sua maturidade logo ofuscam sua jovem idade. De fato, não consigo ver nenhuma outra parceira pra Gervase além de Morgan.

Outro ponto muitíssimo positivo do livro foi fugirmos um pouco desse ar: temporada, baile, flerte, mais baile. Nesse quarto volume podemos "participar" um pouco da batalha de Waterloo, ou as consequências dela para com as pessoas que viveram no período da guerra.

Não imaginei nem por um momento que iria encontrar isso na trama, mas lá estava. E se encaixou tão bem com os personagens que não imagino outra forma da história ter corrido.

Morgan é de longe a melhor dos Bedwyns - embora eu tenha grandes expectativas para o livro do Wulfric - altiva, íntegra, voluntariosa e independente, ela não se deixa manipular por ninguém, nem mesmo por Wulf, o temido duque de Bewcastle.

E é claro que como toda boa personagem, seu par tem que estar a altura e quem melhor do que um mestiço Francês e Inglês que Gervase Ashford? Com seu humor afiado e seu jeito malicioso, ele faz um perfeito par nas cenas com Morgan com diálogos bastante inteligentes, maliciosos e divertidos.

Nota-se desde o início a atração física entre os personagens e a química do casal explode das páginas deixando-nos completamente apaixonados pelos dois, não apenas neles como um casal, mas como personagens mesmo.

Aidan, Eve, Judith, Ralf, Jreyja, Joshua, Alleyne e, claro, Wulfric são presenças quase constantes durante a trama, o que me agradou bastante.

Disse na resenha do último volume dos Bridgertons ter ficado chateada de não ter visto toda a família junta, nesse livro, porém, fiquei feliz em ver todo o clã Bedwyn.

Que venha o próximo, por favor, e com bastante participação especial de Gervase e Morgan, sim?

Recomendadíssimo!

17 comentários :

  1. Amo romances de época, ainda não li os livros dessa série, mas posso dizer que amo quando o livro possui uma família e cada livro é narrado por um irmão ( digo isso por causa dos livros da Julia Quinn)
    Acho que irei amar esse livro da série, que parece interagir mais com o leitor, e que diferentemente do ultimo livros dos Bridgertons, esse preservou muito a família, tenho certeza que irei arrancar suspiros com o casal

    ResponderExcluir
  2. Já vi muita gente falando dessa série, e quero muito começar a ler, mas quero terminar os Bridgerton antes.

    ResponderExcluir
  3. AIN,sou louca para ler esse livro,queroo muitooo.Parabéns,adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Não gostei de nenhum livro da série que vi até agora. E não gosto muito de romances de época mas esse até que me agradou bastante porque foge um pouco do clichê de costume.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece ser muito bom, esta na lista para comprar assim que eu puder. Já li várias resenhas desse livro e sempre fico encantada.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ainda não li nenhum livro dessa série, apesar de sempre ver muitos comentários e divulgações dos livros. As capas são sempre muito convidativas. Gostei muito da sua resenha e mais ainda do enredo. Gosto de romances de época e vou me informar sobre os outros livros dessa série. Creio que será uma ótima leitura! Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Beta.
    Eu li o primeiro livro da série Os Bedwyn e não gostei da escrita da autora e nem dos personagens. Tanto que não li os outros livros.
    Que bom que os outros integrantes da família apareceram nesse livro. É sempre bom saber o que está acontecendo os "personagens secundários".

    ResponderExcluir
  8. Que legal a resenha, Beta!
    Os 2 pontos que vc destacou que mais me chamaram a atenção foram a fuga da constante sobre bailes nos livros de época e a diferença de idade que dessa vez foi bem maior e vc tem razão em lembrar que isso era comum. Ainda não li um livro do gênero que tivesse essa característica em especial, mas tb não posso falar muito pq não sou nenhuma expert hahaha

    ResponderExcluir
  9. Bom, ainda não li nem um livro da autora Mary Balogh, mas como adoro livros do gênero romance de época, sem dúvidas quero ler a série Os Bedwyn, lendo sua resenha, acredito que a história do livros seja muito boa.

    ResponderExcluir
  10. Romances de época vão demorar um bom tempo pra entrar na minha lista de leitura, se algum dia entrarem.
    Não faz meu estilo e não pretendo ler nada do tipo, nem por curiosidade.
    Mas gostei de saber que esse livro em particular traz um pouco da realidade entre as diferenças de idade das relações amorosas daquela época. Ter um fato histórico presente no livro também deve tornar a trama mais atrativa.

    ResponderExcluir
  11. Romance de época é um dos meus gêneros favoritos e estou amando demais essa série. Desde as capas maravilhosas e as histórias lindas . Ainda não li esse volume,mas estou muito ansiosa por ele , ainda mais por você ter escolhido esse como seu Bedwyn preferido.


    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha. De romance de época só li Os Bridgertons e apaixonei, quero ler outros e agora acho que já sei por onde começar.

    http://muitoamorpelaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Uma das coisas que mais gosto nos livros dessa autora é o fato de que ela foge do clichê "baile, drama e fofoca". Sempre há um plano de fundo, alguma coisa que dá uma carga emocional maior à trama. E bom saber que os personagens possuem uma boa diferença de idade e ainda assim isso não os atrapalha. Foi pra lista!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Fiquei com um pouco de receio de acabar pegando algum spoilers, porém confesso que não é um gênero literário que eu goste tanto.

    ResponderExcluir
  16. Desde o primeiro lançamento que tenho vontade de ler esses livros. Acho as capas maravilhosas, mas essa dentre as anteriores foi a que mais me ganhou. Ficou realmente muito linda. E também estou muito nessa vibe de ler romances de época, comecei lendo Perdida da Carina Rissi e fiquei encantada com o gênero, desde então não parei mais rs
    Adoro um bom romance e esse me parece ser um desses. Com certeza também entrará na wish list hahaha

    ResponderExcluir
  17. Olá. Não tive a oportunidade de ler ainda essa série de livros. Mas gosto de romances de época, sempre são muito envolventes. É bem possível que venha a dar uma chance a esses livros. Ótima sua resenha, muito esclarecedora e contagiante! Beijos.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked