Resenha # 351 - Suzy e as águas-vivas - Ali Benjamin - Verus



Título: Suzy e as águas-vivas
Autor (a): Ali Benjamin
Editora: Verus
ISBN: 9788576865377
Ano: 2016
Páginas: 223

* Livro recebido em parceria com a editora.

Às vezes, quando nos sentimos mais solitários, o mundo decide se abrir de formas mágicas.
Suzy Swanson está quase certa do real motivo da morte de Franny Jackson. Todos dizem que não há como ter certeza, que algumas coisas simplesmente acontecem. Mas Suzy sabe que deve haver uma explicação — uma explicação científica — para que Franny tenha se afogado.
Assombrada pela perda de sua ex-melhor amiga — e pelo momento final e terrível entre elas —, Suzy se refugia no mundo silencioso de sua imaginação. Convencida de que a morte de Franny foi causada pela ferroada de uma água-viva, ela cria um plano para provar a verdade, mesmo que isso signifique viajar ao outro lado do mundo... sozinha. Enquanto se prepara, Suzy descobre coisas surpreendentes sobre o universo — e encontra amor e esperança bem mais perto do que ela imaginava.
Este romance dolorosamente sensível explora o momento crucial na vida de cada um de nós, quando percebemos pela primeira vez que nem todas as histórias têm final feliz... mas que novas aventuras estão esperando para florescer, às vezes bem à nossa frente.
"Uma água-viva, se você olhar para ela por tempo suficiente, parece um coração batendo... A sra Turton diz que, se a gente viver até os oitenta anos, nosso coração baterá três bilhões de vezes. Fiquei pensado nisso.. Três bilhões de anos atrás, e a própria vida mal teria começado a existir. Mas aí está seu coração, fazendo o trabalho dele o tempo todo, uma batida atrás da outra, até chegar a esses três bilhões.
Mas só se a gente viver todo esse tempo.
Porque alguns corações batem apenas uns 412 milhões de vezes. O que pode parecer muito. Mas a verdade é que isso mal chega a doze anos."
Suzy é apenas uma menina de doze anos, mas que infelizmente tem de lidar com uma perda lastimável e a forma como ela encara tudo e lida com a situação é no mínimo curiosa e diferente. Sua melhor amiga morre afogada, mesmo sabendo nadar muito bem; o que acaba despertando um sentimento de "negação". Suzy tenta "questionar" e "provar" que sua melhor amiga não morreu afogada e sim foi mordida por uma água-viva; seres que possuem características que chamam atenção desde a sua forma. 

E isso faz com que ela fique um tanto obcecada e busque justificativas pela internet e outros meios para provar que sua amiga não morreu. Além de nos mostrar como uma criança ou no caso pré-adolescente percebe as coisas de um modo diferente, que pode estar influenciada pelas circunstâncias que a cercam também; como no caso de Suzy que além da morte da amiga.

Tem problemas na escola, existem problemas em casa, entre outras mudanças que estão acontecendo; tudo ao mesmo tempo; o que pode ser muito confuso e complicado até mesmo para adultos. Suzy, aos poucos, vai mostrando através de suas perspectivas e memórias tudo que está se passando em seu intimo e ao seu redor e ao mesmo tempo em que ela vai "enfrentando" as situações, caminhamos lado a lado com ela e nos emocionamos com um livro que certamente irá lhe trazer grandes reflexões e emocionar ao ponto de chorar em público, como aconteceu comigo.


"Só depois que quatro dias se passam é que eu começo a imaginar outras possibilidades.
Talvez você esteja esperando para falar comigo.
Talvez você esteja planejando sua própria mensagem.
Ou talvez você saiba, acima de tudo, que seu silêncio é a pior coisa de todas, a mais difícil.
É quando começo a entender que o telefone não vai tocar. Ninguém virá bater à nossa porta. Nem hoje, nem amanhã, nem depois.
Não sei o que vou dizer na próxima vez em que vir você.
Isso que eu fiz está suspenso entre nós. Está pairando ali, de forma silenciosa, como uma frase inacabada."

Uma história tocante, emocionante e muito bem direcionada que nos faz sentir e perceber com uma sensibilidade mais apurada a perda e a transição entre os sentimentos que isso traz para uma criança entrando na fase adolescente, que já enfrenta grandes mudanças e tem de lidar com a morte. A história é narrada pelo ponto de vista de Suzy, o que nos aproxima mais da protagonista e nos faz compreender melhor as coisas que ela sente e os motivos. Além das relações que vivencia.

"Esta é a coisa mais importante que aprendi com o não falar: é muito mais fácil guardar um segredo quando não usamos nenhuma palavra."

Ter de "crescer" não é fácil, principalmente quando as coisas se complicam na relação familiar, quando há problemas na escola, como bullying, despedidas, mudanças e com uma perda dolorosa no meio, talvez para muitos fosse o fim da linha ou o começo do abismo. Mas Suzy tem uma presença e uma força em "acreditar" e buscar o melhor que me comoveu e me arrebatou.

Alguém tão jovem não deveria lidar com questões tão grandes. Mas Suzy enfrenta muito e mesmo assim se mantém firme nas suas buscas, convicções e teorias. Uma verdadeira história motivadora e de força para aqueles que estão meio perdidos na vida e nos problemas.


"Se é verdade o que alguns cientistas acham - que todos os momentos no tempo existem simultaneamente -, então isso é real e está acontecendo agora, exatamente como aconteceu antes."

24 comentários :

  1. O tema principal do livro é o luto! Esse tema é tão rico! Desde que tive que fazer um trabalho gigante só sobre perdas e o processo de luto eu fiquei um pouco obcecada sobre esse tema. É um tema maravilhoso de ser estudado, e esse livro parece ser ótimo, espero que a autora tenha feito um ótimo trabalho. Já quero ler

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Ainda não li, mas pela a sua resenha vejo que é um livro incrível que todos deveriam ler e conhecer a Suzy, com certeza vou procurar o livro e torcer para a Suzy conseguir vencer tudo isso, parabéns pela resenha.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  3. Que livro mais fofinho,a capa é fofinha,a história parece ser muito boa,espero ler em breve,adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Amei a resenha, tá uma graça essa obra, estou bastante ansiosa pra ler...Suzy parece ser forte tão jovem...
    Capa linda!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, me deu uma dor no coração ao ver do que se trata o livro. Porém, parece ser uma história interessante se bem desenvolvida, além de trazer muitas reflexões. Gostei de conhecer.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A capa é linda e já fez com que meu interesse pelo livro aumentasse.
    A história parece ser bem interessante e emocionante.
    Suzy parece ser uma personagem muito bem construída.
    Pelo que já pude ver a autora consegue prender o leitor com a história e gosto bastante disso.
    Gosto de me surpreender e acho que esse livro irá fazer isso.
    Espero conhecer a obra em breve.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  7. Oi, Karini!
    Prevejo muito choro enquanto leio esse livro. Eu evito leituras que me façam chorar, mas eu realmente quero ler esse livro. Ele parece ser maravilhoso. Amei demais a sua resenha! :)
    Beijo

    Canastra Literária | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  8. Eu acho esse livro uma proposta incrível ! Não gosto muito de personagens tão novos e leio muito raramente, mas sempre que vejo uma resenha desse, algo Mr diz que esse livro é tocante e traz alguma reflexão nas suas paginas. Por isso que gosto tanto de ler sobre ele. .
    Pretendo ter oportunidade de ler. Beijos

    ResponderExcluir
  9. A perde é algo que rende sim, muitas e muitas histórias. Sejam de aceitação, superação e até, respostas.
    E mesmo uma criança é capaz de assimilar tudo isso?
    Nem sempre fugir é o caminho, mas encarar tudo de frente também não.
    Vou ler, com certeza!
    Capa belíssima!
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá Karini, tudo bem?
    Já outros livros que tratavam desse assunto e gosto muito de livros assim. Sempre tem alguma coisa que podemos tirar para nós mesmos. E pela sua resenha e pela classificação que você deu, acredito que vale a pena ler.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  11. Desde que vi esse livro entre os lançamentos da Record fiquei com vontade de ler e agora com sua resenha fiquei com mais vontade ainda. Deu vontade de conhecer a Susy!

    Jaci
    O Que Tem Na Nossa Estante

    ResponderExcluir
  12. Karini!
    sinto que o livro é mais uma questão de aprendizado pessoal e individual, para pré adolescentes que tem de enfrentar situações complicadas tão cedo.
    Deve ser um bom livro.
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da sinopse do livro (e da capa rsrs). É muito difícil ser tão jovem e ter que lidar com a perda de alguém importante, achei interessante a forma que a Suzy escolheu de enfrentar a morte da amiga: provar que ela morreu por causa de uma água-viva e não afogada - já que ela sabia nadar tão bem) E agora fiquei curiosa para ler para saber como a Franny morreu

    ResponderExcluir
  14. Como amo livros cheios de dramas, principalmente quando retrata de luto, mudanças, e o personagem tende enfrentar essa situação. Vejo que essa história e bastante emocionante, envolvente, e cativa o leitor, com certeza durante essa leitura, irei me envolver com a dor do personagem, e torcer muito para ela consiga superar. Quero muito esse livro.

    ResponderExcluir
  15. Já gostei da Suzy ♥ fiquei encantada com a capa deste livro quando o vi no catálogo da editora pela primeira vez, e a sinopse também me chamou a atenção, por ser um tanto parecida com a de outros livros que eu li e gostei. Fico feliz em saber que o livro é tão lindo quanto aparenta, parece ser mesmo muito tocante. Gostei.

    ResponderExcluir
  16. Oi.
    O livro parece transmitir uma mensagem bem interessante e reflexiva. Não sei se irei ler, mas de qualquer forma, a dica está anotada.
    Sua resenha, muito bem explicada. Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Apesar de parecer ser um livro bom, não fiquei empolgada para ler :/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bom?
    Amei a resenha do livro, essa é a segunda que leio, a historia pelo visto é muito tocante, e que momento difícil a Suzy vive né, tenho certeza de que não é nada fácil perder uma amiga, nem ninguém que se ama muito. Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  19. Achei o tema um pouco forte para a idade da protagonista, mas pelo que li Suzy é bem resolvida e enfrenta os momentos difíceis com bastante garra.

    ResponderExcluir
  20. Eu não conhecia esse livro, mas ele já me chamou a atenção. Eu achei super interessante a Suzy achar que a amiga morreu por uma mordida de uma água viva, e a história parece ser realmente bem emocionante. Eu tenho certeza de que vou amar esse livro!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. A história parece ser muito sensível e tem uns temas bem fortes, interessantes de debater. Acho que está bem escrita também porque não é a primeira vez que vejo falando bem desse livro e olha que vi poucas resenhas. Quem lê parece gostar. Ele acaba deixando uma mensagem bonita, uma certa força pra superar momentos difíceis ou ao menos conseguir se identificar com a personagem.
    Tem um tipo de trama que já me chamou a atenção e não parece decepcionar.

    ResponderExcluir
  22. Eu ainda não conhecia o livro, mas sua resenha me deixou com muita vontade de lê-lo.
    Deu pra perceber ser um livro triste, sensível e de fortes emocionais, que é essencial para darmos a volta por cima, seguirmos em frente, perante as situações mais calamitosas.
    Vou querer ler esse também!!
    bjss

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Mesmo esse sendo um livro bem diferente ele acabou me lembrando um filmes que vi, mas gostei muito desse livro principalmente sobre o tema que autora trata, parece ser um livro bem reflexivo e achei interessante a autora mostrar um como a personagem lida com os acontecimentos, parece ser uma historia bem emocionante e me deixou curiosa para ler !!

    ResponderExcluir
  24. É uma livro bem dramàtico, com uma temática interessante. Mas mesmo assim não curti muito a história, parece triste demais para mim.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked