Resenha #354 - Doadores de Sono - Karen Russell - Record

Título: Doadores de Sono
Autor(a): Karen Russell
Editora: Record
Páginas: 168
ISBN: 9788501105226
Ano: 2016


*Livro cedido em parceria com a editora.

Comprar - Amazon

Quando pesadelos são reais, dormir é um privilégio
Uma epidemia assola os Estados Unidos. Milhares de pessoas perdem a capacidade de dormir. Conheça a Corpo do Sono, uma organização que persuade sonhadores saudáveis a fazer doações para os insones. Sob o comando dos enigmáticos irmãos Storch, o alcance da Corpo do Sono só cresce, e ela já está presente nas principais cidades americanas. Trish Edgewater, cuja irmã, Dori, foi uma das primeiras vítimas da insônia letal, há sete anos recruta doadores para a organização. Mas sua crença na empresa e nas próprias motivações começa a vacilar quando ela é confrontada com a Bebê A, a primeira doadora universal, e com o misterioso e maligno Doador Q.

Olá leitores, tudo bem?

Quando vi a sinopse de Doadores de Sono fiquei muito interessada, pois amo o gênero e sofro de insônia; então percebi que não podia deixar de conferir a história; assim que recebi, a curiosidade foi imensa e só larguei o livro quando terminei a leitura.

Pense em uma morte lenta e excruciante? Pois é disso que se trata Doadores de Sono. Quem sofre de insônia sabe o quanto é ruim uma noite mal dormida ou não dormir literalmente, isso prejudica seu rendimento, sua saúde e principalmente seu corpo e mente que ficam completamente letárgicos e sem funcionar como deveria. 

Em Doadores de Sono uma epidemia se instala nos Estados Unidos deixando todo mundo em polvorosa. As pessoas não conseguem dormir, e todos sabemos que a falta de sono e descanso adequado leva a morte. Uma morte lenta, agoniante e desesperadora. O mundo inteiro está ameaçado por esta epidemia e o desfecho torna-se cada vez mais desconhecido à medida que as pessoas vão morrendo.

A deficiência que levou a epidemia está associada à narcolepsia em seres humanos, causando o efeito oposto: um estado insustentável de hiperexcitação o que torna dormir impossível. Imaginem?!

".. morreu acordada depois de vinte dias, onze horas e quatorze minutos sem dormir.
Trancada dentro do próprio crânio.."

Nesse cenário apocalíptico está Trish que perdeu sua irmã por conta dessa onda de insônia e desespero, e por isso tornou-se voluntária em uma organização que visa ajudar as pessoas a terem, nem que seja um pouco de descanso para que possa "adiar" o fim trágico ao qual se imagina que todos estão condenados. 

Ela busca doadores de sono, estranho? Vou tentar explicar: o papel de Trish é sensibilizar pessoas e convencer através da história de sua irmã, a terem um sono induzido onde uma espécie de capacete recolhe seu sono e o mesmo é tratado e distribuído posteriormente para os que não dormem nunca. Nessa sua incursão ela conhece uma família que tem como doadora uma bebê e claro que em um cenário de caos, o desespero impera e pessoas desesperadas são capazes de cometer atos inimagináveis para garantir a própria sobrevivência, além de ser da natureza humana a sede de poder e ganância, então esperem o pior.

Nesse meio todo tem um homem cujas doações contaminadas causam transtornos àqueles que o recebem e acabam fazendo com que Trish se questione sobre o trabalho que vem desenvolvendo junto ao "Corpo do Sono", afinal morrer de insônia acaba sendo a opção mais "fácil" do que se entregar a um sono contaminado com algo muito mais assustador do que uma morte lenta e agonizante promete.

Uma história intrigante e que flui de maneira rápida e intensa, quando percebi tinham se passado horas sem que eu desgrudasse os olhos das páginas. Minha reclamação é que a história deveria ter sido mais esmiuçada, pois senti necessidade de mais detalhes e respostas para coisas como tudo começou? Os motivos? Como terminaria se tivesse um final redondo. 

Ler Doadores de Sono é como ler uma explicação rápida sobre algo muito interessante. Então dessa vez, não fiquei satisfeita com apenas 168 páginas, se a autora tivesse triplicado esse número, então, talvez ela pudesse ter explicado mais as coisas e desenvolvido melhor a história. Sendo assim, a conclusão que eu tenho sobre Doadores de Sono é que tinha tudo para ser "o livro", mas foi apenas, mais um livro.


21 comentários :

  1. Olá.
    Eu havia criado uma boa expectativa para com esse livro, pois gostei muito da sinopse. Mas depois de ler uma resenha, muito parecida com a sua, já fiquei decepcionada. Esperava que a história fosse mais envolvente, mais forte, com um melhor desenvolvimento. Que pena.
    Sua resenha está ótima, muito bem elaborada. Obrigada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. É horrível não conseguir dormir *o*
    Não conhecia essa obra ainda, a capa e a sinopse chamam bastante a atenção.
    Parece ser bem angustiante essa história.
    Confesso que no momento não leria a obra, por não curtir muito o gênero.
    Mas parece ser uma história boa, com um diferencial.
    Quem gosta do gênero, acredito que seja uma boa pedida.
    Até pelo assunto que a obra aborda né?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Karini!
    Nem posso imaginar uma pessoa que não consegue dormir... e ainda precisar de alguém que doe seu sono para que isso aconteça, e ainda tem um sono contaminado? Cruzes!
    Deve ser um bom livro.
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini, não sofro de insônia, mas achei muito legal abordar o assunto sono dessa forma. Gosto de livros assim e esse chamou minha atenção. Sendo curtinho assim, vou ler uma tacada só.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ka!
    A história é muito interessante, nunca li algo assim, nossa deve ser horrível não conseguir dormir nunca e morrer por isso, nunca li nada da autora mas esse livro me chamou muito atenção, deve ser uma leitura muito interessante, uma pena ela não ter desenvolvido tanto a história, estou ansiosa para ler.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  6. Esta é a segunda resenha que leio sobre este livro e ambas são totalmente diferentes.
    Mas eu gosto de detalhes, de colocar ali, a situação e ir mexendo nela até que nada sobre, para que a imaginação crie tudo, formas, cheiro, rostos...cenários.
    Eu achei o tema bem diferente do comum e se puder, lerei com certeza!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. E a primeira vez que vejo falar desse livro, e desde que li caixa de pássaros que procuro um livro nesse estilo, lendo sua sinopse percebi que falava sobre um lado apocalíptico já fiquei entusiasmada. Essa onda de não dormi deve ser realmente desesperador, não quero nem me imaginar no lugar dos personagens. A trama me pareceu ser muito boa, quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  8. Oi Kari, olha tenho altas expectativas desse livro. Ou pelo menos, tinha ne. No final fiquei um pouco triste que ele não seja tao bom assim. Porque pra essa sinopse e tudo que ela desperta na gente, 168 paginas pearecem mesmo impossíveis de sanar todas as dividas do livro. Uma pena, estou vendo varias resenhas, muita gente está lendo ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!!
    Nossa eu adorei conhecer a obra, o enredo parece bom msm, com toda ctz qro ler!!
    Anotado!!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Passei um período com dificuldade de dormir, é horrível...
    Quero ler para ver como é doado o sono, diferente, me despertou interesse em ler.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, mas mesmo assim não achei muito interessante. Acho que não faz muito meu estilo de leitura.

    ResponderExcluir
  12. Caramba, o livro é bem curtinho, né? Da pra ler de uma vez só. Gostei bastante da proposta da história. Eu acho esse tema bem original. Eu amo dormir, dormir é bom demais, então eu prefiro um apocalipse zumbi do que uma coisa como essa - apesar que eu sempre irei preferir um apocalipse zumbi, amo zumbis! Hahahah
    Acho que a história poderia ter funcionado melhor em terceira pessoa, para termos uma visão geral. E também imagino que poderia ser uma história maior, para outros locais serem explorados. A sinopse mostra uma história com bastante potencial, que pena que houve essas ressalvas.

    ResponderExcluir
  13. Que pena que o livro não te agradou tanto, e que triste que podia ser "o livro", mas acabou não sendo. Achei super interessante o tema criado pela autora, gente essa coisa de doar sono, pena que ela não trabalhou tão bem.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente também sofro de insonia e fiquei bem curiosa com esse livro principalmente em saber como essa epidemia começou e sobre essa organização. Pena que o livro é curtinho e que o final não foi o suficiente para você, pelo ''mundo'' que a autora criou tinha de tudo para ser um livro 5 estrelas

    ResponderExcluir
  15. Muito bom o blog. Vou ficar na cola de vocês, rsrs.

    Tem livros que pelo nome já dá vontade de sair correndo até uma livraria para comprar. Sim, pois comprar pela internet, tendo que esperar dias ou semanas para receber é foda.

    Gostei do argumento da história. Como escritor reconhece que é para lá de original.

    Só que uma coisa não ficou muito claro, talvez até um furo da autora: essa tal epidemia de insônia só aconteceu nos EUA? Não faz sentido.

    Parabéns pelo blog mais uma vez.

    Mais sucesso.

    Roberto Camilotti: blog de literatura.

    ResponderExcluir
  16. Não tenho insonia, mas às vezes minha ansiedade não me deixa dormir. Adrenalina demais, sei lá. Agora, imagina um negócio desses acontecendo? Que horror! D=
    O livro me parece legal por todo esse tom dramático da história. Já leria só por causa disso. E parece que flui bem. Só que me deixa meio insatisfeita quando umas coisas ficam sem respostas ou sem muitos detalhes. Sei lá o que iria achar de alguns detalhes da história...
    Mas parece valer a pena a leitura. Gostei.

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas eu fiquei muito interessada nele. Achei esse enredo dele muito legal, e super diferente. Achei muito interessante isso de doar sono, e parece que o livro realmente poderia ter sido muuuito bom. Mas é uma pena que ele não seja tão detalhado assim. E ele é tão curtinho, acho que ele poderia ter mais umas 100 páginas e ser melhor construído...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá,espero nunca sofrer desse mal,que é ficar sem sono,e desejo sorte para quem sofre disso,o livro até parece ser bem interessante,mais pelo seu comentário sobre ser apenas mais um livro,fiquei com um pé atrás,agora não sei se vou ler.

    ResponderExcluir
  19. Amei sua resenha e já tinha lido outra resenha e também gostado bastante.
    É um livro sem dúvida, bem instigante e viciante, pelo jeito, se começarmos a lê-lo a noite, vai dar uma insônia aí, porque não da pra largar até chegar ao fim.
    Fiquei muito interessada e curiosa. Tenho alguns familiares que sofrem de insônia e é um mal terrível mesmo, aliás o livro traz alguma solução?
    Deve ser angustiante, quero lê-lo o mais rápido possível.
    bjss

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Achei essa historia bem diferente, fiquei curiosa para saber mais sobre esse mundo que a autora criou pois achei bem interessante, principalmente uma distopia falando sobre o sono e por ser um livro pequeno, se tiver oportunidade quero muito ler essa historia !!

    ResponderExcluir
  21. Talvez a história fosse melhor se tivesse uma quantidade maior de páginas, pois a temática é ótima.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked