Resenha #374 - Paixão Libertadora - Sophie Jackson - Editora Arqueiro


Título: Paixão Libertadora
Desejo Proibido #2
Autor (a): Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415421
Ano: 2016
Páginas: 352

- Livro recebido em parceria com a editora

Onde comprar:

Sinopse: Segundo livro da trilogia Desejo Proibido - que teve mais de 4,5 milhões de visualizações on-line, Paixão Libertadora é uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances.
Max OHare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.
É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado.
Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.

Na verdade, ela apaziguava um pouco da dor dele com seus sorrisos e seu entusiasmo, fazendo Max esquecer as merdas da vida e se concentrar nas coisas boas.

Paixão Libertadora é o segundo livro da série Desejo Proibido de Sophie Jackson, fui completamente arrebatada pelo primeiro livro e fiquei bem ansiosa pela publicação da continuação. Lembrava vagamente que a narrativa da autora tinha me sugado para dentro da história de modo enlouquecedor, a ponto de eu devorar as 416 páginas do primeiro livro em um dia somente. Imaginem como estavam minhas expectativas em relação a Paixão Libertadora? Não gosto de ficar com muitas expectativas sobre um livro, pois na grande maioria das vezes eu me decepciono. Mas a maldição do segundo livro passou longe de Paixão Libertadora.

Nesse livro conheceremos a história de Max. Quem já leu Desejo Proibido já o conhece, ele é o amigo problemático do Carter que chegou ao fundo do poço. Max é um rapaz com temperamento forte, um homem solitário que se envolveu com drogas na tentativa de amenizar a dor da perda e do abandono. Quando nosso protagonista adquire consciência que seu estilo de vida está causando não só problemas para ele, como também para as poucas pessoas que ainda estão ao seu redor, ele resolve aceitar ajuda. É assim que Max vai parar em uma clínica de reabilitação, vivendo um dia de cada vez, trabalhando com seus temores e encarando seus piores fantasmas.

Eu sempre falo que quando se chega ao fundo do poço a tendência é subir, o ser humano tem uma capacidade de se regenerar louvável, desde que tenha foco em seus objetivos. Não é fácil encarar seus fantasmas, não é fácil assumir que precisa de ajuda, não é fácil se livrar de um vício, mas quando se tem um proposito, mesmo que no decorrer do processo se tenha uma recaída, a persistência te leva longe.

Após sair da clínica e passar uma temporada na casa do amigo, Max resolve se distanciar de tudo e vai para a casa de seu tio Vicent no condado de Preston trabalhar na construção civil. Max ainda é um projeto em desenvolvimento, ele ainda não está pronto para encarar novos problemas, assumir novos compromissos ou até mesmo se envolver em relacionamento. Mas isso o impede de se sentir atraído por Grace, a dona do imóvel que ele está restaurando.

Grace é uma jovem bonita, simpática que passou por maus bocados, seu olhar triste esconde um passado traumático, recheado de violência doméstica e crises de pânico. Ela busca um recomeço. Necessita reconstruir sua história; provar para si mesma que é capaz.

Obrigado, mas "felizes para sempre" não existe para mim, doutor... Depois de todas as pessoas que perdi na minha vida, sei que essa é a droga da verdade.

Cumplicidade. Afinidade. Fragilidade. Essas são as palavras que marcam o inicio do relacionamento entre Max e Grace. A proposta é ter uma relação casual. Sem sentimentos, sem cobranças, sem responsabilidade. Agora, como explicar para o coração que ele não deve se envolver? Max e Grace estão fragilizados pelo passado, e qualquer decepção ou magoa pode desencadear uma grande recaída.

Conforme Max e Grace vão se conhecendo, eles se tornam amigos, cúmplices, confidentes. É cativante acompanhar o amadurecimento do casal. Duas almas quebradas, duas pessoas em recuperação que encontram o apoio que precisam para seguir em frente. São personagens bem construídos, que passam verdade ao leitor sobre suas histórias. Você realmente acredita e se envolve com eles, torce por eles e suspira com eles. O livro tem um forte apelo sexual, característica presente na série, mas que não me incomodou.

O livro é narrado em terceira pessoa, o que em minha opinião proporciona ao leitor uma visão mais ampla da história, conseguimos compreender as atitudes dos personagens e não ficamos focados em somente um ponto de vista.

Paixão Libertadora não é um livro cheio de reviravoltas, e mesmo sendo meio que óbvio, vale a pena conhecer o casal. Sophie Jackson sabe como envolver o leitor com personagens instigantes e casais improváveis. No primeiro livro da série um ex-detento que se apaixona pela professora da penitenciaria. E agora temos um dependente químico e uma mulher destruída por alguém em quem confiou.

O livro aborda assuntos polêmicos como drogas, violência doméstica, suicídio, porém o foco principal é o RECOMEÇO.

Se você está à procura de um livro rápido de ler, com uma história de amor envolvente, e personagens cativantes, com uma pitada de sensualidade, não deixe de ler Paixão Libertadora, eu não me decepcionei.

Não importa onde você esteja. Você é tudo o que vejo.


17 comentários :

  1. Pensa numa menina apaixonada por romances? Ainda não li nada da Sophie, mas estou bem curiosa. Totalmente curiosa. Histórias de superação dos personagens tem sempre trechos marcantes e que acabamos levando para nossas vidas. Estou curiosa para conhecer o Max

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty, tudo bem?
    Apesar de gostar de romances de época, os romances em geral não me chamam atenção justamente por saber como será o final do livro e dos personagens. A proposta do livro é bem legal para quem curte esse gênero de leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Patty,
    Não conhecia a trilogia!!!! Fiquei bem animada para ler, adoro romances assim. Amo amo amo a arqueiro, e todos os livros que já li deles, nunca me decepcionaram. Livros que são tão envolventes que vc não consegue desgrudar, são os melhores!!! Vou começar a ler a série assim que possível!

    BJS

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente não li o primeiro livro que te deixou tão fascinada.Mas me deu muita curiosidade.
    Faz um tempinho que tenho evitado livros hot demais... Mas acredito que tanto o primeiro livro,quanto o segundo,tem um enredo bacana! :)

    E assim que der vou ler. :)

    ResponderExcluir
  5. Eu não consegui ler aquele primeiro volume até hoje. Não sei se vai dar pra pegar porque tem aquele negócio né: a gente esquece. É muito livro que fico querendo ler e aí quando não pego e esqueço dá nisso. Mas caramba, conseguiu ler mais de 400 páginas em um dia! Esse deve ser no mínimo viciante então.
    Achei interessante que tenha uns temas bem tensos nessa história. Parece legal por destacar a ideia de um recomeço, de novas chances e da vida que segue em frente. Acho bacana livros assim.
    O casal parece muito bom. Eles tem as fragilidades deles, mas acabam encontrando uma espécie de cura pela cumplicidade que vão desenvolvendo um com o outro. Parece bem bonito acompanhar essa jornada dos dois.
    Gostaria de ler com certeza =)

    ResponderExcluir
  6. Oi Patty,
    Li este livro mês passado. Depois que li Desejo Proibido me vi tão imersa naquele mundo que precisa urgentemente continuar nele. Paixão libertadora superou minhas expectativas com louvor. Max foi um personagem que odiei no primeiro livro, mas eu não sabia sua triste história e depois de conhece-lo melhor morri de amores. Então eis que Grace entra na história e seu passado me deixou muito triste, ela sofreu muito e é tão real tudo que ela viveu que me emocionei com ela. O livro trás muitos elementos que me chamaram atenção. Para começar temos uma protagonista negra, algo que não vemos com frequência em livros desse gênero e, também, temos o problema de Max com as drogas e a sua passagem pela reabilitação. Gostei da autora ter explorado isso no livro e espero poder ler mais livros dela.

    ResponderExcluir
  7. Patty!
    Difícil mesmo chegar ao fundo do poço e ter forças e objetivos para se reerguer.
    Parece que os protagonistas tem seus próprios problemas interiores a serem resolvidos e o bom é que juntos conseguem um novo sentido para suas vidas e novo recomeço.
    “Ouse saber!(Sapere aude)” (Immanuel Kant)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Eu tenho muita vontade de conhecer o primeiro livro.
    Eu adorei a premissa desse, e como você mesmo falou é clichê e previsível, mas gostei.
    Adoro livros que falam sobre superação e pelo o que percebe o casal passou por maus bocados, e não poderia deixar de conferir.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Parabéns pela resenha Patty, tá linda!
    Tenho o vol 1 mas ainda não deu pra ler, qro mto conhecer essa trilogia...
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada dessa autora, esse livro me pareceu bem tocante, um livro em que recomeçar é a coisa mais importante a se fazer, gostei disso dos personagens não quererem se apaixonar, mas quem manda no coração, não é mesmo? Quero le o primeiro livro e depois esse, se pra voc~e foi ótimo, provavelmente também vou gostar muito.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Eu não tive contato com o primeiro volume, porém acho que nome do livro já diz tudo, e ainda mais com essa capa. Parece aquele livro intensos que voce não consegue para de ler nenhuma segundo. Gostei dos personagens, adoro quando eles madurem no decorrer dos livros, o que faz a historia parecer ainda mais real. Sem duvida quero ler algum dia, quem sabe ainda este ano, né?

    ResponderExcluir
  12. Oi Patty, tudo bem?
    Menina, eu preciso conferir esse livro! Pra ter feito você ler tudo isso de página em um dia só, deve ter sido incrível. Fases de recuperação nunca são fáceis né, e acredito que o mais difícil seja a pessoa admitir que algo está e errado e dar o pontapé inicial. Vou dar uma olhadinha no primeiro livro. Fiquei muito interessada e curiosa pra saber o que a obra tem que te agradou tanto no primeiro livro.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  13. Oi Patty!
    Não li ainda Desejo Proibido, mas já me encantei com a sua resenha de Paixão libertadora. Com certeza traz a tona recomeço e principalmente SUPERAÇÃO.
    Uma relação que envolve se entender e juntos superarem os traumas.
    Mesmo sem reviravoltas me parece um ótimo livro as ser lido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Patty!!
    Comprei esse livro à algum tempo mais ainda não li nada da Sophie Jackson. Agora lendo a sua resenha e que lembrei que tenho ele. Vou sem dúvida ler o mais rápido possível esse livro é obrigada pela indicação.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  15. O que eu amei nesse livro sem ao menos ter lido ele é o modo como os personagens vão se preencher e completarem um ao outro com amor, isso parece tão FOFO. Já tá a lista então, eu to louquissima para ler.

    ResponderExcluir
  16. Meu deus, mais de 400 páginas em um dia :O o primeiro volume deve ser mesmo excelente!
    Que ótimo que nesse não rolou a maldição, porque na maioria dos casos acontece, né? kkk
    Não curto muito esse tipo de leitura, acho que quase sempre é mais do mesmo, mas talvez eu dê uma chance quando precisar de algo mais leve.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Desejo Proibido é um livro que está a bastante tempo na minha lista de leitura, mas até hoje ainda não li esse livro, estou bem curiosa sobre esse segundo livro que parece arrebatar o leitor e gostei muito de saber que é uma historia tão boa quando a primeiro, doida para ler !!

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked