Resenha #378 - A Traidora do Trono - Alwyn Hamilton - Seguinte


Título: A Traidora do Trono
A rebelde do deserto #2
Autor (a): Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
ISBN: 9788555340291
Ano: 2017
Páginas: 496

Onde comprar:

Amazon |Submarino |Saraiva | Americanas

Sinopse: Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.
 
"Eu me entrego a você. (...) Tudo o que sou, entrego a você, e tudo o que eu tenho é seu. Compartilho minha vida com você. Até o dia da nossa morte."


A Traidora do Trono é o segundo livro da série A Rebelde do Deserto da autora Alwyn Hamilton, eleita como Melhor Autor Estreante de 2016 no Goodreads. Lançamento da Editora Seguinte do mês de março A Traidora do Trono era um dos livros mais aguardados por essa blogueira aqui, ano passado fui fisgada pela história de Amani. E se A Rebelde do Deserto é um livro maravilhoso, a continuação consegue ser ainda melhor, após a leitura a pergunta que não sai da minha cabeça é: COMO SOBREVIVEREI até o próximo livro?

Já se passou algum tempo desde que Amani fugiu da Vila da Poeira montada em um cavalo místico em companhia de Jin. Nesse tempo Amani descobriu poderes adormecidos e juntamente com a rebelião ganhou a batalha de Fahali. Ela fez fama como "bandido dos olhos azuis", e a mensagem do príncipe rebelde se espalhou pelo deserto. As ambições de Amani mudaram, no início ela somente desejava sua liberdade, agora ela luta para libertar o povo de Miraji de seu sultão sanguinário.

Amani ainda está recuperando a confiança em Jin, ele deixou o acampamento logo após ela ser baleada, algo que Amani não consegue esquecer. É então que um encontro inesperado se transforma em um sequestro, Amani é traída da pior forma possível se vê no olho do furacão. Privada de seu poder e de sua identidade, afastada do homem que ama e das pessoas em quem confia, ela retorna ao modo de instinto de sobrevivência da menina da Vila da Poeira.

O palácio é um lugar perigoso, o harém para onde é enviada é um ninho de cobras, e enquanto planeja uma forma de escapar, Amani enxerga a possibilidade de conseguir informações importantes para a rebelião. Contudo, jogo da espionagem é perigoso, até que ponto Amani pode confiar nos seus instintos? Ela é prisioneira de um homem astuto e ardiloso, e isso faz com que ela em determinados momentos passe a questionar suas escolhas e suas certezas. A sequência de A Rebelde do Deserto não é sobre amor ou batalhas. Trata-se de Traição.
"... se puder ficar fora do campo de visão do seu inimigo, ele sempre vai imaginar que você tem mais força do que realmente tem."

A Traidora do Trono é um livro emocionante repleto de ação e tão bem escrito que o leitor se sente praticamente órfão quando termina a leitura. Esse livro conseguiu superar todas as minhas expectativas. E o que dizer da nossa personagem principal? Amani é uma personagem incrível, amo sua força, sua forma de encarar os problemas e sua capacidade de fazer planos mesmo nas piores circunstâncias. Ela é fiel aos seus propósitos, e quando acreditamos que ela irá desistir, Amani renasce como a heroína que é. 

Para alguns leitores a inserção de um romance em um livro de fantasia é algo desnecessário, a autora optou por incluir essa faceta na história, que em minha opinião não interfere em nada na dinâmica do livro, pois é algo tão sutil e explorado de forma tão consciente que traz aquela sensação de realidade para trama, torna a história mais humana, mesmo estando longe em ser o foco principal do livro. Jin carrega seus fantasmas, Amani suas dúvidas, existe uma tensão entre os personagens, mas quando os dois estão juntos não há como não suspirar.

Com uma narrativa peculiar e envolvente Alwyn criou personagens únicos e carismáticos, além de deixar o leitor com a sensação de estar no escuro, não há pistas do que está por vir, não se sabe em quem confiar e essa sensação acompanha o leitor durante toda a trama. Que escritora fantástica, Alwyn consegue desestruturar qualquer leitor. Maldição do segundo livro??? Isso é ficção!

Ao ler A Traidora do Trono percebi o quanto estamos carentes de personagens femininas fortes na literatura, é gratificante e motivador acompanhar a história das personagens femininas desse livro. Dei destaque para a Amani na resenha por ela ser a protagonista da história, mas o príncipe rebelde esta cercado por mulheres extraordinárias, Shazad, Delila, Shira, Hala, Imin, são verdadeiras forças da natureza.

Esqueça tudo que você pensou que sabia sobre a rebelião, sobre Miraji, sobre Jin ou até mesmo sobre Amani e tenha algo em mente, em A Traidora do Trono tudo mudará. Uma nova alvorada, um novo deserto.
"Nos dias dos quais apenas os imortais se lembram, o mundo era imutável. O sol não se punha ou nascia. Não havia marés. Os djinnis não sentiam medo, alegria, pesar ou dor. Nada vivia ou morria. Tudo simplesmente era."




14 comentários :

  1. Que resenha linda Patty, parabéns!
    Eu já estou doida pra ler, até tenho o primeiro, mas ainda não consegui ler, minhas leituras estão atrasadas, mas quem sabe não dou prioridade á Rebelde do deserto..
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Patty, tudo bem?
    Eu quero muito ler estes livros, principalmente por a protagonista ser ser tão forte e a história se passar num contexto tão diferente. Fiquei muito feliz por o segundo livro ter sio tão bom quanto o primeiro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Está parecendo uma continuação maravilhosa então! Mas dá até dó de ler porque pelo jeito a gente fica doente pelo próximo! xD
    Adoro como falam bem desses personagens e da escrita também. O livro está parecendo muito gostoso de ler, ainda mais por ter esse tom de mistério, de não saber como a história vai continuar, ficar no escuro mesmo. Gosto muito dessa ideia. Deve ser ainda melhor na hora de ler e parece que dá aquela adrenalina louca pra saber o que vai acontecer, então a leitura voa.
    Ahh, como quero pegar esses livros logo. Mas bate aquela dózinha de ler e ficar sem outro pra continuar xD

    ResponderExcluir
  4. Patty!
    É verdade! Carecemos de protagonistas femininas fortes e que se arrisquem em busca de seus objetivos e pelo que vejo, aqui ela é assim, apesar da traição, ela não desiste e continua em busca de informações.
    Não me importo também quando os livros de fantasia acoplam romance ao enredo.
    “Não basta conquistar a sabedoria, é preciso usá-la.” (Cícero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Também achei a resenha linda!!!!
    A sua paixão pela leitura me fisgou completamente!

    Já faz um tempinho que pretendo ler o primeiro livro. Para ser sincera estou esperando uma boa promoção. O que não deixa de ser algo negativo,já que o segundo já saiu e não ficaria naquela ansiedade.
    Bem,sou fascinada por um bom livro de fantasia e repleto de ação.
    E ao contrário da maioria da pessoas,gosto quando há um romance na trama.

    Ah!!!! E que capa linda!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Essa série parece ser maravilhosa de todas as maneiras possíveis. Eu não havia lido uma resenha de A Rebelde do Deserto, mas agora sei o quanto vou amar. E aborda traição! Não vejo a hora de ler este livro.

    ResponderExcluir
  7. Oi Patty.
    Eu sou uma das que apoia romances em livros de fantasia, desde que não seja aquela coisa sem sentido e nada haver.
    Adorei a premissa do livro, fiquei curiosa para conferir e estou me perguntando como vai sobreviver até o próximo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Oi Patty, antes de mais nada eu não sei porque ainda não li o primeiro livro. Fiquei desesperada por ele ano passado e comprei na black friday, mas estou com tantas leituras acumuladas que não tive tempo de pegar para ler. Eu nem me atrevi a ler sua resenha porque tenho pavor de spoiler. Nem sei se você avisou que não iria ter, mas, é melhor prevenir do que remediar n.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Oi Patty,
    Não li ainda o primeiro livro, mas as resenhas que li me fazem querer lê-lo em breve. Sempre quis ler algo ambientado no deserto. Sempre me interessei pelo mundo árabe. Amo livros aonde a protagonista é uma mulher com personalidade forte e sinto que Amani é assim. Também amo quando o livro mistura magia e batalhas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Cada desse livro é maravilhosa, não podemos deixa de mencionar isso
    Eu não tenho acompanhado essa serie A Rebelde do Deserto, poré, quando soube
    do lançamento da A Traidora do Trono, tomei saber mais sobre, e gostei bastante
    E também fiquei bastante curiosa pelo historia de Amani, por isso espero muito ter oportunidade de ler essa obra

    ResponderExcluir
  11. As capas desses livros já nos ganham, né? Pelo menos pessoas como eu, que compram livros pela capa hahaha
    Enfim, como quero muito lê-los acabei não lendo a resenha porque no começo já "peguei" alguns spoilers. Só o que posso dizer é que a protagonista parece ser uma mocinha muito forte e amo demais isso! Não gosto das bobinhas e submissas.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Patty!!
    Menina amei a resenha!! Fiquei fascinada pela a história que tem esse livro!! É uma pena mais ainda não li dos livros mais agora quero muito fazer essa leitura!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Quero muito ler essa serie, estou vendo só comentários positivos sobre essa historia e a historia me conquistou, parece ser uma leitura bem envolvente e cheia de tramas, me deixando muito curiosa, gostei também da protagonista e as capas dessa serie são maravilhosas !!

    ResponderExcluir
  14. Oi Patty,
    Amani é a representação de força e coragem, e na busca por um pouco de igualdade e liberdade ela acaba entrando nesta aventura que esta me conquistando a cada nova resenha que leio. A autora trás uma história repleta de elementos diferenciados tanto na ambientação quanto na fantasia criada. E o mais interessante é ver que a história não está traçada desde o início com tudo definido, ela vai se construindo no decorrer do livro e isto gera muitas surpresas para o leitor. Espero que Alwyn continue com esta bela escrita e que a série continue com este crescimento dos personagens e enredo.

    ResponderExcluir

Comente, ficarei muito feliz em saber sua opinião!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Seguidores G+

Siga-nos no Networked